Parte do conteúdo desta página requer o Adobe Flash Player para correta visualização.

Get Adobe Flash player

Você esta em: > Vital Vitta
Vital Vitta
Vital Vitta


de R$ 85,00

por
R$ 75,00


Em até 3x de
R$ 25,00




O que é?

Complexo Polivitamínico e Polimineral

Vital Vitta é  o Polivitamínico e Polimineral com fórmula balanceada, que complementa a alimentação de maneira eficaz e saudável. Pode ser usado como apoio nutricional para complementar a alimentação de crianças, jovens, adultos e idosos. Quando usado regularmente, Vital Vitta repõe os micronutrientes e macronutrientes essenciais, que ajudam a nutrir e a manter o organismo em equilíbrio.


Princípio Ativo

Apresentação

100 cápsulas de 450mg


Registro na Anvisa

Reg. M.S.: ANVISA Nº: 660060020

Informações Nutricionais

Sulfato de Magnésio, Cálcio, Pirofosfato Férrico, Vitamina, Vitamina PP Vitamina E, Sulfato de Zinco, Sulfato de Manganês, Vitamina A, Vitamina K, Pantotenato de Cálcio, Vitamina B1, Vitamina B2,  Vitamina B6,  Vitamina B12, Cromo Quelato,  Vitamina D, Sulfato de Cobre, Ácido Fólico, Iodeto de Potássio, Selenito de Sódio, Biotina. Cápsula: Gelatina e água purificada.

NÃO CONTÉM GLÚTEN. NÃO CONTÉM LACTOSE.



Modo de Usar

Tomar 2 cápsulas 2 vezes ao dia.



Saiba Mais

A formulação de Vital Vitta contém as seguintes vitaminas e sais minerais:

Vitamina A (Caroteno ou Retinol): desempenha um importante papel na nutrição do globo ocular e também na manutenção do equilíbrio da pele e das mucosas. Atua também na proteção contra doenças infecciosas.

Vitamina B1 (Tiamina ou Vitamina F): atua no desenvolvimento do corpo, no bom funcionamento do sistema nervoso, dos músculos e do coração.

Vitamina B2 (Riboflavina ou Vitamina G): é muito importante para a saúde da pele, dos olhos, das células nervosas, o metabolismo das enzimas etc.

Vitamina B3: (Niacina ou Ácido Nicotínico): é importante para a manutenção do equilíbrio da pele e do sistema nervoso. Possui também importância relevante ao bom funcionamento do sistema digestivo.

Vitamina B6 (Piridoxina): além de essencial ao sistema nervoso e à pele, contribui para o metabolismo dos aminoácidos, a produção de células do sangue, de anticorpos etc. Age como diurético natural e reduz os sintomas de vômitos e náuseas etc.

Vitamina C: fortalece os vasos capilares sanguíneos. É extremamente importante em tratamentos antialérgicos. Ajuda a fortalecer o sistema imunológico. É excelente na prevenção de gripes e de infecções. Atua no organismo como um poderoso antioxidante. Dá resistência aos ossos e dentes. Facilita a absorção de ferro pelo organismo. Ajuda as células do organismo, incluindo as dos ossos, dos dentes, das gengivas, dos ligamentos e dos vasos sangüíneos, a crescer e permanecer sadias. Também ajuda o organismo a responder à infecção e ao estresse, além de auxiliar a utilização eficiente de ferro. Se o organismo não receber quantidades diárias suficientes de Vitamina C, ficará mais propenso a apresentar esquimoses na pele, sangramento nas gengivas, má cicatrização das feridas, perda de dentes, dores nas articulações e infecções. Também atua no metabolismo de alguns aminoácidos.

Vitamina D (ou Calciferol): promove a absorção de cálcio (após a exposição à luz solar), essencial para o desenvolvimento normal dos ossos e dentes. É uma vitamina lipossolúvel obtida a partir do colesterol como precursor metabólico através da luz do sol, e de fontes dietéticas. Funcionalmente, a Vitamina D atua como um hormônio que mantém as concentrações de cálcio e fósforo no sangue através do aumento ou diminuição da absorção desses minerais no intestino delgado. A Vitamina D também regula o metabolismo ósseo e a deposição de cálcio nos ossos.

Vitamina E: é um antioxidante muito conhecido e vital para todas as pessoas, especialmente para as que demandam mais do corpo, como praticantes de atividades físicas e atletas. Durante e depois de exercícios intensos, ela ajuda a melhorar a função imune e a reduzir os danos oxidativos celulares causados pelos radicais livres.

Vitamina B5 (Ácido Pantotênico): é essencial para o metabolismo celular. Está envolvido na liberação de energia do carboidrato, na degradação e metabolismo de ácidos graxos, na síntese do colesterol, fosfolipídeos, hormônios esteroides e porfiria para hemoglobina e colina.

Vitamina B9 (Biotina ou Ácido Fólico): é um nutriente essencial necessário para o crescimento das células e para a produção de ácidos graxos, anticorpos, enzimas digestivas e metabolismo da niacina (Vitamina B3). Ela também faz o papel principal no metabolismo das proteínas e carboidratos e é essencial para utilização correta de outras vitaminas do Complexo B, tem papel relevante na gravidez, além de ser eficiente no combate à anemia e às doenças cardiovasculares.

Vitamina B12 (ou Cianocobalamida): é fundamental para o funcionamento correto do sistema nervoso central e para a produção do sangue, sendo útil na prevenção e no combate da anemia perniciosa. Também atua no metabolismo das proteínas, contribuindo para a absorção dos aminoácidos pelo organismo.
Vitamina PP (ou Niacina): é uma vitamina hidrossolúvel cujos derivados desempenham importante papel no metabolismo energético celular e na reparação do DNA. Outras funções da niacina incluem remover substâncias químicas tóxicas do corpo e auxiliar a produção de hormônios esteróides pelas glândulas suprarrenais, como os hormônios sexuais e os relacionados ao estresse. A niacina funciona como vasodilatador em grandes doses.
Vitamina K: é necessária, principalmente, para o mecanismo da coagulação sanguínea, protegendo de sangramentos a partir de cortes e feridas, bem como contra as hemorragias internas que, do contrário, poderiam levar até a morte. Vitamina K é essencial para a síntese da protrombina, uma proteína que converte o fibrinogênio solúvel em circulação no sangue numa proteína bastante insolúvel chamada fibrina, o componente principal do coágulo sanguíneo.
Cálcio: é o mineral mais abundante no corpo humano, sendo essencial na formação e na manutenção da saúde de dentes e ossos, prevenindo contra o raquitismo e a osteoporose. O cálcio também é extremamente importante para diversas funções vitais, como contração muscular apropriada, batimentos cardíacos saudáveis e bons níveis de colesterol. Ajuda a metabolizar o ferro do organismo e é fundamental para a integridade funcional do sistema nervoso, no qual exerce grande influência sobre a excitabilidade e a liberação de neurotransmissores (transmissão de impulsos nervosos). Em conjunto com a vitamina K, atua no sistema circulatório, auxiliando na coagulação do sangue. Além disso, ajuda a manter o nível normal da pressão arterial.

Magnésio: age junto com o cálcio para manter os músculos funcionando bem. O cálcio estimula a contração e o magnésio relaxa, tanto os músculos esqueléticos como os lisos, em todas as partes do nosso corpo. Para combater a cãibra, algumas pessoas precisam de magnésio e outras de cálcio. Na maioria das vezes, os dois minerais são recomendados em conjunto já que são interligados.

Ferro: as principais funções do ferro no organismo são verificadas, essencialmente, na formação da hemoglobina do sangue e na respiração celular. Caso ocorram carências de ferro, surgem sintomas como gretas nos lábios, fraqueza capilar e anemia.

Cobre: é essencial para diversas funções orgânicas, como a mobilização do ferro para a síntese da hemoglobina, a síntese do hormônio da adrenalina e a formação dos tecidos conjuntivos.

Iodo: nosso organismo contém normalmente de 20 a 30 mg de iodo, com mais de 75% localizado na glândula tireoide e o restante distribuído por todo o organismo, particularmente na glândula lactente mamária, na mucosa gástrica e no sangue. A única função conhecida do iodo é como parte integrante dos hormônios tireoideos.

Selênio: sua ação parece estar relacionada com a vitamina E, com ambos agindo sinergicamente na cura da doença hepática e de certas afecções musculares. Esse mineral evita a ocorrência da doença de Keshan (cardiomiopatia juvenil), alterações pancreáticas e promove o crescimento corpóreo. A concentração de manganês no organismo humano tende a ser alta em tecidos ricos em mitocôndrias. Está associado à formação de tecido conjuntivo e ósseo, crescimento e reprodução, e metabolismo de carboidratos e lipídeos.

Zinco: é um micronutriente essencial que está envolvido em mais de 200 processos enzimáticos, formação e ação dos hormônios do crescimento, testosterona, insulina e estrógeno. Participa na síntese das proteínas otimizando sua produção e absorção pelo organismo. Também é conhecido por sua função antioxidante, de fortalecedora do sistema imunológico e de reparação celular.


Cromo: sua principal função é potencializar os efeitos da insulina e, através dela, alterar o metabolismo da glicose, dos aminoácidos e dos lipídeos. Considerando-se os efeitos anabólicos promovido pela a insulina nos tecidos, como a captação de glicose, de aminoácidos e a síntese de proteínas, a presença de cromo potencializa estas ações, reduzindo os níveis de gordura corpórea e normalizando os de lipídeos sanguíneos.



Vital 500 Atendimento On-line
As informações sobre saúde contidas neste site são fornecidas somente para fins educativos e não pretendem substituir, de forma alguma, as discussões estabelecidas entre médico e paciente. Todas as decisões relacionadas a tratamento de pacientes devem ser tomadas por profissionais autorizados, que levarão em consideração as características exclusivas de cada paciente. As informações aqui contidas destinam-se ao público brasileiro.
Em caso de dúvidas, favor contatar o nosso Serviço de Atendimento ao Consumidor.
Horário de atendimento: De Segunda a sexta-feira das 8h00 às 17h30.
Copyrigth - 2013 - Todos os direitos reservados